25/01/16 - 10:08

Prefeitura do Rio antecipa medidas especiais de combate ao Aedes aegypti para a Olimpíada

Em resposta à campanha internacional para esvaziar o turismo no Brasil por conta dos casos de zika, a Prefeitura do Rio antecipou que vai adotar medidas especiais de combate ao mosquito Aedes aegypti para a Olimpíada. As ações, que seriam reforço a campanhas rotineiras, começam em abril e se estendem até julho, um mês antes dos Jogos. Na lista, ainda a ser definida e anunciada oficialmente, está previsto o auxílio do fumacê. Os locais de competição, que já recebem visitas de agentes de saúde, além das inspeções prévias, contarão com equipes fixas da Secretaria Municipal de Saúde. Pontos turísticos e arredores das instalações dos Jogos integram as unidades alvos da força-tarefa, que pretende eliminar qualquer possível reservatório remanescente das obras e tratar os não passíveis de eliminação.

0 comentários