27/06/16 - 12:06

Segurança Pública do Rio de Janeiro ameaça parar

Começa na manhã desta segunda-feira (27), no Rio, a paralisação de policiais e delegados. O movimento acontecerá a partir das 8h e vai até 16h de acordo com o representante do Sindicato dos Delegados de Polícia (Sindelpol-RJ). O objetivo da paralisação é reivindicar as péssimas condições de trabalho. Durante esse período estarão suspensas as investigações.

O que os policiais reivindicam são os pagamentos que não foram pagos de forma integral e os cortes que foram feitos. Falta de água, papel, impressoras e a limpeza das Delegacias e do Instituto Médico Legal (IML), fazem parte dos fatores que levaram a essa mobilização. Segundo a afirmação da chefia da polícia em nota, a mobilização dos agentes é justa “em razão das dificuldades enfrentadas por esses importantes operadores de segurança pública".

Durante a manifestação iniciada na praia de São Bento (Ilha do Governador) com destino ao aeroporto internacional, pelas Policiais, Civil, Militar e Bombeiros, um dos integrantes respondeu a algumas informações. O inspetor de polícia, André Dutra, lotado na 37º DP (Ilha do Governador) alega que estão sem salário, inclusive da bonificação das respectivas metas alcançadas, “Temos péssimas condições de trabalho, tanto nas Delegacias, quanto nos batalhões”. O inspetor ainda diz mais “Não temos condições mínimas para atender bem a população”. 
Conforme as informações passadas pela assessoria da Polícia Civil, três aeronaves (uma executiva e duas operacionais) estão paradas por conta da falta de recursos financeiros. Quanto à decisão em assembléia pela suspensão do serviço ainda que temporária de atendimento ao cidadão "a chefia entende que é prejudicial à sociedade e está envidando esforços junto aos policiais civis no sentido de que o cidadão não seja duplamente vitimado. No tocante às demais deliberações estão abertas a entendimento com os delegados e demais classes para que a situação seja resolvida".
Por Tauã Borges – Supervisão Rafael Cassimiro
Reportagem Márcia Lima – Cinegrafista Bruna Lima
0 comentários