06/06/17 - 16:19

STF mantém advogado de Adriana Ancelmo preso

Por três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter preso o advogado Thiago de Aragão Gonçalves Pereira e Silva, um dos sócios do escritório de advocacia da mulher do ex-governador Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo.
O advogado foi preso em janeiro, por ordem do juiz federal Marcelo Bretas. Aragão é apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como o "braço direito" da ex-primeira-dama. Ele também é suspeito de receber na própria casa cerca de R$ 1 milhão em propina de um esquema de corrupção formado no governo de Sérgio Cabral.
0 comentários