26/08/16 - 12:00

Transolímpica tem cobrança de pedágio adiada

A cobrança do pedágio da via expressa Transolímpica que estava programada para começar nesta sexta-feira (26), foi adiada por haver pendências entre a concessionária Via Rio e a prefeitura.  A previsão inicial é que a tarifa de R$ 5,90 comece a ser recolhida no primeiro fim de semana de setembro.  A Via Rio está operando somente para serviços emergenciais.

Com 20 cabines, a praça de pedágio fica em Sulacap e os motoristas terão que pagar o valor nos dois sentidos da via, tanto em direção a Deodoro, quanto ao Recreio dos Bandeirantes.  A tarifa foi estipulada pelo Tribunal de Contas do Município e pela prefeitura, e causou polêmica.

O valor da tarifa foi igualado ao do pedágio da Linha Amarela pela prefeitura. Porém, os R$ 5,90 cobrados vigora desde janeiro de 2015, sem reajustes. A  Via Rio não concorda em cobrar esse valor, e sim o que estaria valendo caso tivesse havido o aumento. Com isso, a concessionária apresentou planilhas para análise da Secretaria Municipal de Transportes, e propôs o valor entre R$ 6,50 e R$ 6,60.

Construída para a Olimpíada, a Transolímpica tem 26 km, sendo 13 deles de responsabilidade da concessionária. A via também conta com um corredor de BRT.

Supervisão: Rafael Cassimiro

0 comentários