20/04/18 - 09:10

Justiça determina que artista de circo preso em operação policial seja solto

Ele foi preso durante operação em uma festa no sítio de Santa Cruz

Ele foi preso durante operação em uma festa no sítio de Santa Cruz. Foto: Divulgação

A Justiça do Rio determinou a soltura de um dos 159 presos suspeitos de integrarem uma milícia da zona oeste do Rio. O pedido da defesa do réu Pablo Dias Bessa Martins, que é artista circense, foi aceito.

Ele foi preso durante a Operação Medusa, no último dia 7 de abril, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. O artista, conhecido como Pablo Prynce, já teve o alvará de soltura expedido e passará a responder ao processo em liberdade.

Na decisão, o juiz Eduardo Marques Hablitschek, da Segunda Vara Criminal Regional de Santa Cruz, afirma que a defesa de Pablo apresentou documentos suficientes que comprovam que o artista passa a maior parte do tempo viajando a trabalho, fora do Brasil, o que enfraquece a hipótese de envolvimento com a milícia do Rio.

0 comentários