09/04/18 - 13:36

Justiça fará videoconferência com os 153 presos em festa realizada por milícia na Zona Oeste

Na operação a polícia apreendeu 13 fuzis, 15 pistolas, quatro revólveres, carregadores, granadas, coletes à prova de bala, e dez veículos roubados

Os 153 presos em um evento realizado pela milícia, em Santa Cruz, Zona, na Oeste do Rio, terão de participar das audiências de custódia por videoconferência. A medida foi confirmada por nota pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). A decisão foi tomada para evitar o deslocamento da grande quantidade criminosos pela cidade.

Momento em que os suspeitos foram rendidos pelos policiais. Foto: Reprodução

De acordo com o TJ-RJ, as audiências serão realizadas nesta terça-feira (10) no Complexo Penitenciário do Gericinó, também na Zona Oeste do Rio. O grupo foi encaminhado para a Cidade da Polícia neste domingo, lá passou por uma triagem na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Mais tarde, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), transferiu os presos em caminhões de transporte para a Penitenciária Bandeira Stampa, no Gericinó.

Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Penitenciária Bandeira Stampa já abrigaria 477 prisioneiros de grupos paramilitares antes da transferência do grupo. A unidade teria capacidade para abrigar 571 detentos.

Ao todo, 164 suspeitos foram presos pela Polícia Civil durante a operação realizada no último sábado (08), quatro eram militares: um bombeiro, dois soldados do Exército e um da Aeronáutica. Todos foram transferidos para as celas dos respectivos quartéis. Já os sete menores detidos foram encaminhados para o Juizado de Infância e Adolescência.

Durante o confronto entre milicianos e policiais, quatro suspeitos foram mortos. Um deles, seria um homem conhecido como Cheetos, segurança de um grupo de milicianos que atua no Bairro de Cabuçu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A quadrilha seria chefiada pelo criminoso Wellington da Silva Braga, o Ecko, que atua no bairro conhecido como K-32. O bandido conseguiu fugir durante o tiroteio.

Na operação a polícia apreendeu 13 fuzis, 15 pistolas, quatro revólveres, carregadores, granadas, coletes à prova de bala, e dez veículos roubados.

 

0 comentários