13/04/18 - 10:35

Marielle será homenageada pela Alerj com medalha Tiradentes

Veículo em que a vereadora estava foi atingido com nove dos 13 tiros disparados

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou o projeto de resolução 612/18 de autoria do Deputado Estadual Marcello Freixo (Psol) em em homenagear com a Medalha Tiradentes – Post Mortem, a vereadora Marielle Franco. O tributo é a maior honraria do parlamento fluminense. A decisão será promulgada no Diário Oficial nos próximos dias.

Marielle foi assassinada no dia 14 de março, no Estácio, Região Central do Rio. Anderson Gomes, o motorista da vereadora, também foi atingido pelos tiros. A parlamentar foi eleita com mais de 46 mil votos, tinha 38 anos, era socióloga e mestre em administração pública. Antes de entrar para a vida política, a vereadora atuou na Comissão dos Direitos Humanos da Alerj.

Freixo afirmou que a homenagem será não apenas para Marielle, mas também para as causas pelas quais ela lutava. O veículo em que a vereadora estava foi atingido com nove dos 13 tiros disparados. Marielle foi atingida por quatro tiros na cabeça, três acertaram o motorista Anderson Pedro Gomes que também morreu. As autoridades ainda não descobriram os motivos e os autores do crime.

0 comentários