11/04/18 - 14:26

Ministério Público investiga desvio de verba na Câmara Municipal de Itaboraí

São alvos o ex-presidente e ex-funcionários da casa, sócios de um jornal local, um policial militar e um empresário

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Rio (MPRJ) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (11), a Operação Gutenberg, com o objetivo de cumprir nove mandados de busca e apreensão na Região Metropolitana do Rio, tendo com um dos alvos a Câmara Municipal de Itaboraí. O ex-presidente da casa, vereador Deoclécio Machado Viana, e os sócios de um jornal local também são investigados.

A operação apura supostos crimes de falsa licitação, com superfaturamento e desvio de dinheiro público relacionados às contratações da empresa jornalística do município para publicação de atos oficiais da Câmara. De acordo com a promotora Fernanda Neves Lopes, uma pessoa foi presa nesta quarta-feira.

Ainda segundo a promotora, as investigações começaram em 2017. Na mesma ação estão sendo investigados um policial militar, dois ex-funcionários da Câmara Municipal de Itaboraí e um empresário do ramo alimentício de São Gonçalo.

0 comentários