24/04/18 - 10:43

PF cumpre mandados de prisão contra grupo que fraudava benefícios do INSS

Operação, que acontece em São Paulo, foi denominada Pseudea

Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal realiza Operação Pseudea contra uma organização criminosa dedicada a praticar fraudes contra o INSS nos benefícios de auxílio-doença, na manhã desta terça-feira (24). Participaram da ação Polícia Federal, Inteligência Previdenciária, Advocacia-Geral da União, Ministério Público Federal e INSS.

A ação conta com sete mandados de prisão temporária, cinco de prisão preventiva e 16 mandados de busca e apreensão são cumpridos por agentes da PF. Também foram bloqueados R$ 25 milhões, de integrantes do esquema criminoso. É estimado um prejuízo de mais de R$ 60 milhões pelo grupo, que agia há mais de dez anos.

De acordo com a PF, pessoas faziam o pedido do auxilio doença com documentos falsos. A auxiliar de enfermagem – suspeita de comandar o esquema – contava com a ajuda de um servidor que trabalha em uma agência do INSS na Vila Maria, em São Paulo.

O grupo criminoso usava pessoas que se faziam passar pelo requerente durante a perícia médica, onde fingiam doenças mentais, tinham membros engessados, etc. Além de gerar aposentadorias falsas.

O nome Pseudea refere-se a divindade grega que personalizava a mentira e as falsidades.

0 comentários