12/04/18 - 08:40

PMs cedidos para a Alerj ainda não foram devolvidos

Prazo terminou na última quarta-feira (11)

Prazo terminou na última quarta-feira (11). Foto: Reprodução Web

Os policiais militares cedidos à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) não foram devolvidos a corporação no prazo determinado pela Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro (Seseg).

O prazo dado pelo secretário Richard Nunes ao presidente interino da Alerj, André Ceciliano (PT), terminou na última quarta-feira (11). De acordo com informações, os agentes foram cedidos para trabalharem na proteção de parlamentares e do patrimônio dos três prédios do poder Legislativo.

A medida determina que a devolução deve ser feita em 72 horas após dois meses de inadimplência no pagamento dos salários dos servidores cedidos. Foi com base nessa legislação que o secretário pediu a volta de 87 dos 146 policiais que atuam na Alerj.

Apesar de pedir o tratamento semelhante a outros órgãos, que devolveram 14 policiais, o presidente não descartou a possibilidade de ser devolvido um número maior e adiantou que alguns deputados estão dispostos a abrir mão dos agentes que fazem sua segurança.

0 comentários