03/04/18 - 08:05

Prefeito de Itaperuna é investigado suspeito de cometer fraudes

Investigações apontam superfaturamento e fraude à publicidade

Investigações apontam superfaturamento e fraude à publicidade. Foto: Divulgação MP

O Ministério Público do Rio (MP-RJ) abriu ação civil pública por improbidade administrativa, contra o prefeito de Itaperuna, Marcus Vinicius de Oliveira Pinto, por fraudes cometidas na compra de material escolar.

Na mesma ação também são réus os secretários de Governo e de Educação do município, Alex Gomes Quadra e Franciney Luiz de França e os empresários Marcos Paulo Mamari Bastos e Ana Paula Mamari Bastos.

As investigações apontam superfaturamento, fraude à publicidade, ausência de competitividade e direcionamento nos quatro processos licitatórios destinados à aquisição de itens como kits escolares e cadernos. De acordo com o MP, em todos os processos, duas empresas, de propriedade de Marcos Paulo e Ana Paula, foram declaradas vencedoras no pregão presencial.

1 comentário