17/04/18 - 16:39

Primeira turma do STF vota por tornar Aécio Neves réu por corrupção e obstrução de justiça

Ministro aprovaram por unanimidade o recebimento da denúncia contra o Senador

Por cinco votos a zero, o senador Aécio Neves foi considerado réu na ação movida pela Procuradoria Geral da República (PGR). Compõem a primeira turma da corte do Supremo Tribunal Federal (STF), os ministros:

  • Marco Aurélio Mello
  • Luís Roberto Barroso
  • Luiz Fux
  • Alexandre de Moraes
  • Rosa Weber

Marco Aurélio é o relator do caso. A partir de agora, o parlamentar passa a condição de réu e poderá contestar a acusação com novas provas. A denúncia contra o senador é de pedir o valor de R$ 2 milhões ao empresário e dono da empresa J&F, Joesley Batista. A propina seria usada em troca de favores políticos. Além disso, Aécio teria tentado atrapalhar os andamentos da Operação Lava Jato.

De acordo com o relator, transcrições de ligações do senador mostram o parlamentar tentando influenciar a escolha dos delegados da Polícia Federal para conduzir as investigações da operação. Ele afirmou ainda, que em sua prática ele tenta assegurar a impunidade de autoridades políticas investigadas.

 

1 comentário