29/06/18 - 14:18

STF votará decisão sobre liberdade de Lula em agosto

Sessão desta sexta foi a última antes do recesso forense

Foto: Divulgação.

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia, não pautou o novo pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pedido foi liberado na noite desta quinta-feira (28) para julgamento em plenário pelo relator ministro Edson Fachin. A sessão desta sexta-feira (29) foi a última antes do recesso forense. Eles só voltam a se reunir em plenário, no dia 8 de agosto.

A Ministra Cármen Lúcia disse que não pautaria o pedido de Lula por orientação do Ministro Edson Fachin. De acordo com o ministro, o pedido não poderia ser julgado, pois a defesa de Lula apresentou um novo recurso, na forma de embargos de declaração, contra uma decisão dele, o que, segundo o ministro, impede o julgamento do pedido de liberdade.

Durante a sessão desta sexta, Fachin disse que os embargos precisam ser “julgados antes de qualquer ato processual”, motivo pelo qual o pedido de soltura em si não poderia ser analisado nesta sexta-feira pelo plenário.

 

 

 

 

0 comentários