26/04/18 - 10:22

TJRJ adia julgamento de ex-Pms condenados pela morte da juíza Patrícia Accioli

Outros três policiais também serão réus do caso

Os ex-policiais militares Jeferson de Araújo Miranda e Sérgio Costa Júnior tiveram o julgamento pela morte de Diego da Conceição Beliene adiado para 17 de agosto. A audiência estava marcada para esta quarta-feira (26).O crime aconteceu em junho de 2011, no Morro do Salgueiro, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Os mesmos agentes foram condenados em 2014 pelo assassinato da juíza Patrícia Accioli.

De acordo com o Tribunal do Júri do Rio de Janeiro (TJ-RJ), o pedido de adiamento foi realizado tanto pelo Ministério Público (MP-RJ), por conta da ausência de uma testemunha, quanto pela defesa do réu Jeferson.

Patrícia Accioli era responsável pelo processo da morte de Diego. A juíza recebeu a denúncia e decretou a prisão preventiva dos PMs em agosto de 2011, mês em que foi assassinada. Na ocasião, a magistrada havia decretado a prisão dos integrantes do Grupo de Ações Táticas (GAT). Segundo as investigações da época, haviam indícios de execução em auto de resistência, o que resultou na morte de Diego. O então delegado titular da Delegacia de Homicídios, Felipe Ettore destacou a importância do depoimento prestado pelo réu Sérgio Costa Júnior nos esclarecimentos do caso.

Além de Jeferson de Araújo e Sergio Costa, são réus do caso os policiais, Carlos Adílio Maciel Santos, Sammy Quintanilha Cardoso e Jovanis Falcão Junior. Eles serão julgados no dia 27 de agosto.

0 comentários