07/04/18 - 08:04

Tribunal de Justiça do Rio aceita mais uma denúncia contra Sérgio Cabral

De acordo com a denúncia, cerca de R$ 20 milhões foram gastos para bancar os voos

Foto: Reprodução Web

O juiz Guilherme Shilling Collo Duarte, da 32ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, aceitou a denúncia do Ministério Público e tornou o ex-governador Sérgio Cabral réu pela segunda vez na esfera do Estado.

Agora, Cabral responde pelo crime de peculato por ter utilizado o helicóptero oficial para viagens de caráter privado, como para a mansão dele em Mangaratiba. Segundo as investigações, o ex-governador voou ao menos 2.281 vezes na aeronave oficial para fins pessoais.

De acordo com a denúncia, assinada pelo promotor Cláudio Calo, cerca de R$ 20 milhões foram gastos de dinheiro público para bancar os voos. O MP obteve ainda a indisponibilidade de bens de Sérgio Cabral e da ex-primeira dama Adriana Ancelmo pelo desvio de verbas. Cabral já tinha se tornado réu na justiça estadual por falsidade ideológica e falsidade material no caso da “videoteca” do presídio de Benfica.

0 comentários