21/11/18 - 12:31

Palavra Amiga / Odete

   Boa tarde heleno e família tupi.

  Tenho  31 anos, sou solteira e sou dona de casa. Heleno eu tenho 31 anos de idade tenho um casal de filhos, o mais velho tem 12 anos e a mais nova tem 8 anos. Eu conheci o pai dos meus filhos com 17 anos morei com ele por 12 anos e meio. Pode não ter sido a melhor decisão construir uma vida com ele porque ele passava noites na balada sempre me deixava sozinha com as crianças. Um certo dia eu fui passar um final de semana com meus filhos na casa do meu irmão. Mas pessoas que nada tem a ver com a minha vida mentiram pra ele dizendo que eu o estava traindo. Mas como iria trair ele se eu estava com meus filhos? E aonde quer que eu fosse sempre levei eles comigo? Mas ele nem quis ouvir a minha resposta e pensar um pouco para perceber que aquilo era um absurdo.

  Foi quando ele me ameaçou e me mandou embora de casa. Depois disso eu sai da casa e deixei tudo só carreguei minhas roupas e as roupas dos meus filhos. Heleno, e por causa dessa confusão já estamos separados há três anos. Hoje em dia ele mora com uma mulher na minha antiga casa. Mas essa nova namorada é uma pessoa terrível que nem poupa as crianças e fica jogando na cara dos meus filhos que a casa do meu ex é dela. O pai dos meus filhos, ao invés de me apoiar e defender as crianças, ele ficou ao lado dela e ainda por cima ele me ameaçou caso eu colocasse ela na justiça. Mas ano passado eu criei coragem e os coloquei na justiça. Mas acho que a atual dele desconfiou e planejou engravidar só pra ficar com a casa.

    Mas infelizmente há quase dois meses ela perdeu a criança. Um bebê que nem chegou a nascer e não tem culpa de nada do que está acontecendo. Hoje em dia meu ex me paga uma pensão pequena e não dá mais nada. Quando estávamos juntos ele ainda falava pra mim que se ele saísse da casa que ele não ia aceitar que eu colocasse outra pessoa lá. Mas foi ele que pôs alguém lá. E ainda por cima quando eu o coloquei a justiça, a juíza falou que ele dando uma pequena quantia de pensão, não era obrigado a dar mais nada. Só que a minha filha tem que fazer um tratamento de alergia, porque ela tem alergia a fungos poeira e picadas de insetos e eu não tenho como pagar as injeções são caras além dos xaropes.

   E outra coisa, a atual dele maltrata muito meus filhos, eles iam pra casa dele a cada quinze dias e agora eles não querem mais ir. Mas ele nem se preocupa com isso. Atualmente eu moro de favor na casa da minha avó. Eu fico só em um comodo com um banheiro. Recentemente eu conheci um rapaz maravilhoso que me trata tão bem. E gostaria de ter essa nova chance no amor. Ele tem um carinho com meus filhos e eu sinto que dessa vez, o meu relacionamento vai ser diferente. Com uma pessoa bem mais gentil e companheira. Mas enquanto isso o pai dos meus filhos não dá nenhuma atenção e eu também tenho medo de que agora que eu estou nesse novo amor, meu ex passe a ser ainda mais violento e trate de modo cruel os nossos filhos e sem saber o que fazer eu preciso muito de uma “Palavra Amiga”.

0 comentários